Lei das Beatas foi aprovada e entra em vigor a partir de hoje, dia 4 de setembro.

Agora é para valer. A lei que vai punir com multas quem atirar beatas para o chão vai mesmo para a frente. A iniciativa, aprovada a 13 de julho e promulgada pelo Presidente da República a 13 de Agosto foi hoje publicada e começa a vigorar já a partir do dia de hoje. As contraordenações, contudo, só vão ser aplicadas daqui a 1 ano, ou seja, a partir de setembro de 2020.

Cozinca

A cada minuto são atiradas para o chão milhares de pontas de cigarros. Este é o número que o parlamento quer combater. As multas para quem não respeitar esta lei e continuar a atirar beatas para o chão vai dos 25€ aos 250€. O valor da coima fica, contudo, abaixo da proposta inicial que marcava os 500€ como o mínimo a pagar em caso de contraordenação.

À proposta inicial apresentada pelo PAN, que teve o voto contra apenas do PCP, foi ainda incluída uma alínea que diz respeito à punição das empresas que tenham prevista a disponibilização de cinzeiros e que não cumpram com essa norma. Neste caso as multas começam nos 250€ e pode chegar aos 1500€.

A lei prevê ainda a ação de campanhas de sensibilização junto da comunidade que deverão ser promovidas pelo Governo e por produtores e importadores de tabaco.

A responsabilidade da instauração dos processo e pela aplicação de coimas ficará a cargo da ASAE e das Autarquias.

Com esta lei, agora já publicada em Diário da República, o governo vem proibir “o descarte em espaços públicos de pontas de cigarro, charutos ou outros cigarros contendo produtos de tabaco” tentando assim combater esta tendência praticada pelos portugueses.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.