Notícias Maia

Avião da TAP que tinha partido da Maia foi desviado para Lisboa

© DR
Partilhas

Problemas elétricos levaram a que o aparelho, com 106 passageiros a bordo, tentasse voltar ao Aeroporto Sá Carneiro, mobilizando 11 corporações de bombeiros. Nevoeiro levou a que o voo fosse desviado para Lisboa.

Este domingo, o Embraer 190 da TAP Express, com o registo CS-TPV, realizava um voo entre a Maia e Zurich quando teve de solicitar o regresso ao aeroporto, momentos após a descolagem.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorros (CDOS) do Porto citada pelo Observador, explicou que o Aeroporto Sá Carneiro acionou pelas 7.59 horas um “alerta nível 1 para uma aeronave com problemas elétricos” e que “pediu aterragem” na pista. Os meios mobilizados e “postos em prontidão foram 30 bombeiros de 11 corporações, com 11 veículos”, disse o CDOS do Porto, referindo que os mesmos meios foram “desmobilizados pelas 8.44 horas”.

O avião da TAP descolou pelas 7.29 horas do Aeroporto Francisco Sá Carneiro com destino a Zurique, mas devido a problemas “técnicos” pediu aterragem de emergência no aeroporto mais próximo que era na Maia, mas devido “à baixa visibilidade”, relacionada com o nevoeiro, o voo TP922 foi redirecionado para Lisboa, onde aterrou às 9.17 horas.

A tripulação não terá chegado a declarar emergência no ar.

COMENTE
CBaviera_Maia

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top