O valor engloba a recente Campanha de Esterilização Solidária de Cães e Gatos, na qual o município recebeu um apoio de 6.300 euros da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.

A Câmara Municipal da Maia investiu cerca de 40 mil euros em tratamentos médico-veterinários e cirúrgicos durante o ano de 2020. O número, avançado ao NOTÍCIAS MAIA pela própria autarquia, engloba a recente Campanha de Esterilização Solidária de Cães e Gatos levada a cabo pelo município.

Newsletter

Segundo dados a que o NOTÍCIAS MAIA teve acesso, a Câmara Municipal da Maia foi a 4ª autarquia da Área Metropolitana do Porto que recebeu um maior apoio da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), no âmbito da Campanha Solidária de Esterilização de animais. Um apoio que é proporcional à própria ação dos municípios e que ajudou na esterilização de 257 animais (88 gatos, 21 gatas, 116 cães e 32 cadelas). À frente da Maia, no valor do apoio da DGAV, estão as autarquias de Penafiel, Póvoa de Varzim e Santo Tirso.

Segundo informação da DGAV, a Maia recebeu, ainda em 2020, cerca de 6.389 euros para comparticipação desta ação. Neste apoio governamental foram incluídos 197 registos, entre Câmaras Municipais, Associações de Municípios ou Canis Intermunicipais e, ao todo, foram entregues 500 mil euros.

Recorde-se que a Campanha de Esterilização Solidária de Cães e Gatos, desenvolvida pela Câmara Municipal da Maia, consistiu na esterilização de forma gratuita de animais de companhia cujos donos residam na Maia e sejam beneficiários de um conjunto de apoios sociais.

Combate ao abandono animal

Sobre as razões que levaram a Câmara Municipal a limitar a Campanha Solidária apenas a pessoas carenciadas, o município explicou que a “prestação de serviços médico veterinários e cirúrgicos carece de fundamentação legal para ser realizada” e que, assim, “este tipo de apoio, quando dirigido a munícipes carenciados, enquadra-se no exercício das competências das câmaras municipais nos domínios da ação social“.

Ainda sobre o mesmo assunto, o município afirmou ainda que “o objetivo primordial da realização das campanhas de esterilização de cães e gatos é o combate ao abandono” e que se reconhece “que são os animais errantes e os animais pertencentes a núcleos familiares mais carenciados as principais fontes de ninhadas indesejadas” que depois acabam por ser entregues aos centros de recolha oficial e às associações de proteção animal.

Investimento de 40 mil euros

A Câmara Municipal da Maia investiu cerca de 40 mil euros em tratamentos médico-veterinários e cirúrgicos durante o ano de 2020, segundo dados da autarquia.

Neste valor, além da campanha municipais de esterilização solidária, está a realização de “campanhas anuais de vacinação antirrábica e de identificação eletrónica, através do médico veterinário municipal, às quais podem recorrer todos os munícipes, carenciados ou não, acedendo a estes serviços a preços muito reduzidos”.

Também, desde o mês de setembro de 2019, com a celebração de um protocolo com a Associação Animais de Rua para a implementação do programa CED (Capturar, Esterilizar e Devolver), “a Câmara Municipal proporciona a melhoria do bem-estar animal e da saúde pública, através da esterilização dos felídeos pertencentes a colónias alimentadas por cuidadores informais”. Segundo a autarquia, já foram esterilizados mais de 400 animais, um pouco por todo o concelho.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.