O ministro da Economia, Siza Vieira, confirmou que o campeonato de futebol recomeça já a 1 de junho.

Está confirmado que a Primeira pode voltar já no final de maio,  sendo que essa jornada de arranque pode ser disputada tanto a 30 e 31 de maio, como nos primeiros dias de junho. Esta terça-feira o presidente da Federação Portuguesa de Futebol e o primeiro-ministro António Costa estiveram reunidos com os líderes dos três grandes e com o presidente da Liga para avaliar a possibilidade de se jogarem os restantes jogos da divisão de topo do futebol nacional.

Ordem dos Advogados Maia

O primeiro-ministro António Costa disse hoje, durante a conferencia de imprensas do Conselho de Ministros, que “no plano de transmissão do estado de emergência para o estado de calamidade” o governo defendeu então um calendário de 15 em 15 dias, com três fases: a 4 de maio, a 18 de maio e a 1 de junho.

António Costa garante que “de 15 em 15 dias, no final de cada fase, será feita a avaliação do impacto das medidas” para avaliar a possibilidade avançar para a fase seguinte. No entanto, admite recuar e reforça que nunca terá “vergonha ou qualquer rebuço de dar um passo atrás se isso garantir o que é essencial – a segurança dos portugueses.”

Também a 1 de junho voltam as missas e as cerimónias religiosas, de acordo com o plano de desconfinamento aprovado pelo Governo. As celebrações terão de ser feitas de acordo com regras a definir entre DGS e as confissões religiosas.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.