Porto Canal explica que a decisão editorial para os debates das Autárquicas 2021 é convidar apenas os “partidos ou forças políticas atualmente representados nos órgãos autárquicos”.

O primeiro debate das Autárquicas 2021 na Maia foi no Porto Canal e teve a presença de quatro dos oito candidatos a assumir o comando da Câmara Municipal da Maia: Silva Tiago, João Borges, Alfredo Maia e Silvestre Pereira. Francisco Vieira de Carvalho, candidato do PS, apesar de ter sido convidado, não quis estar presente.


André Almeida, candidato à Câmara Municipal da Maia pelo partido Chega, não foi convidado para estar no debate e, através das redes sociais, mostrou-se descontente por não ter tido a possibilidade de participar.

“Se a democracia no nosso país já não anda recomendável, pelos vistos há quem queira piorá-la a cada dia que passa, e pseudo políticos coniventes! Repudio veementemente a não menos medíocre atitude dos candidatos Alfredo Maia, Silvestre Pereira, João Borges e Silva Tiago (Maia em Primeiro) pela participação em tal fantochada ignorando os valores básicos da igualdade entre candidatos. Demonstram exatamente quem são e ao que vêm”, lê-se numa publicação partilhada pelo candidato no Facebook.

“Quem perde com tudo isto? Os Maiatos, a democracia e espero honestamente que o canal e os candidatos medíocres que aceitaram ser atores desta fantochada politiqueira!”, conclui o candidato.

Sobre o assunto, contactado pelo NOTÍCIAS MAIA, o Porto Canal explica que a decisão editorial para os debates das Autárquicas 2021 é convidar apenas os “partidos ou forças políticas atualmente representados nos órgãos autárquicos”.

Em resposta por e-mail, o mesmo canal acrescenta que “esta foi uma decisão editorial adotada em estrita conformidade com o disposto no Regime Jurídico da Cobertura Jornalística em Período Eleitoral (Lei n.º 72-A/2015), e que teve por base as restrições decorrentes da pandemia em curso de COVID-19”.

Ler ainda: Primeiro debate entre os candidatos à Maia abordou habitação social e pórticos. PS faltou

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.