Partido apresenta candidatos à “União de Freguesias de Nogueira e Silva Escura” e a “São Pedro de Fins”. Os nomes estão errados.

O Chega distribuiu, pelas caixas do correio dos maiatos, um panfleto com a apresentação do seu candidato à Câmara Municipal da Maia, André P. Almeida, contendo no verso ainda os candidatos à Assembleia Municipal e às dez juntas de freguesia do concelho.


No entanto, de forma insólita, apresentam Teixeira Ferreira como candidato à “Junta da UF de Nogueira e Silva Escura” e ainda José Bastos, candidato à “Junta de Freguesia de S. Pedro de Fins”.

Em 2013, com a Reorganização Administrativa do Território das Freguesias, a Maia passou a ter apenas dez freguesias, por força da agregação de antigas freguesias. Neste processo, surge a Freguesia do Castêlo da Maia, composta pela agregação de Barca, Gemunde, Gondim, Santa Maria de Avioso e São Pedro de Avioso; a Freguesia da Cidade da Maia, composta pelos territórios de Gueifães, Maia e Vermoim; e a Freguesia de Nogueira e Silva Escura, composta pela agregação de Nogueira e de Silva Escura.

Neste processo de reorganização do território, dentro  do concelho da Maia, não foram utilizadas as designação de União de Freguesias, sendo portanto errado designar a nova freguesia de Nogueira e Silva Escura como uma “UF” (União de Freguesias).

Por seu lado, S. Pedro Fins foi uma das freguesias que em 2013 permaneceu inalterada, mantendo a mesma designação que remonta ao século XVII. A existência da Comissão de Festas em Honra de S. Pedro e S. Fins e a Conferência Vicentina de S. Pedro e S. Fins, são dois dos exemplos que remetem para a existência de dois santos padroeiros da freguesia, o São Pedro e o São Fins. Remetendo para dois santos padroeiros, não tem lugar o “de”.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.