Notícias Maia

Cidade da Maia é a segunda melhor freguesia para se viver

Partilhas

Um estudo conduzido pelo Imovirtual colocou a Cidade da Maia em segundo lugar, entre as 36 freguesias analisadas no Grande Porto. Vila do Conde foi eleita a melhor.

Fatores como “limpeza”, “qualidade do ar”, “acessos” e “segurança” fizeram de Vila do Conde a melhor do Grande Porto a melhor freguesia para se viver. Das 36 avaliadas entre abril e setembro, esta freguesia foi a melhor classificada em fatores como “limpeza”, “qualidade do ar”, “acessos” e “segurança”.

Atrás de Vila do Conde, estão as freguesias da Maia, Arcozelo, Matosinhos e Leça da Palmeira.

Por outro lado, as freguesias com pior classificação Serzedo e Perosinho, Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, Campanhã, Valongo e Fânzeres e São Pedro da Cova.

O estudo citado pelo Dinheiro Vivo refere que os três fatores avaliados que no geral foram melhor classificados foram a “segurança”, “acessos” e “estabelecimentos de ensino”. Por outro lado, “transportes públicos, “lojas e restaurantes” e “espaços de lazer” foram os fatores que receberam piores classificações da avaliação global das freguesias analisadas.

A freguesia de Matosinhos e Leça da Palmeira foi considerada a melhor em “espaços de saúde” (4,12) e São Mamede de Infesta e Senhora da Hora em “estabelecimentos de ensino” (4,29).

A freguesia de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos, foi considerada a freguesia com o “custo de vida” mais elevado.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top