Um estudo conduzido pelo Imovirtual colocou a Cidade da Maia em segundo lugar, entre as 36 freguesias analisadas no Grande Porto. Vila do Conde foi eleita a melhor.

Fatores como “limpeza”, “qualidade do ar”, “acessos” e “segurança” fizeram de Vila do Conde a melhor do Grande Porto a melhor freguesia para se viver. Das 36 avaliadas entre abril e setembro, esta freguesia foi a melhor classificada em fatores como “limpeza”, “qualidade do ar”, “acessos” e “segurança”.

Atrás de Vila do Conde, estão as freguesias da Maia, Arcozelo, Matosinhos e Leça da Palmeira.

Por outro lado, as freguesias com pior classificação Serzedo e Perosinho, Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, Campanhã, Valongo e Fânzeres e São Pedro da Cova.

O estudo citado pelo Dinheiro Vivo refere que os três fatores avaliados que no geral foram melhor classificados foram a “segurança”, “acessos” e “estabelecimentos de ensino”. Por outro lado, “transportes públicos, “lojas e restaurantes” e “espaços de lazer” foram os fatores que receberam piores classificações da avaliação global das freguesias analisadas.

A freguesia de Matosinhos e Leça da Palmeira foi considerada a melhor em “espaços de saúde” (4,12) e São Mamede de Infesta e Senhora da Hora em “estabelecimentos de ensino” (4,29).

A freguesia de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos, foi considerada a freguesia com o “custo de vida” mais elevado.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.