Um acidente de trabalho provocou a morte a um motorista de um camião ao início da tarde deste sábado, em Cidadelha, no Castêlo da Maia.

O homem de 50 anos teria deixado o camião parado, preparando-se para colocar imobilizadores nas rodas da viatura para garantir que o pesado se mantinha parado, contudo o camião terá destravado tendo prensado o motorista contra um muro, segundo o que foi apurado pelo JN. O acidente ocorreu por volta das 13:30 horas.

Cozinca

Além da vítima mortal, estava também um outro funcionário a serviço da EDP que não sofreu nenhum ferimento. Ambos estavam destacados para substituição de lâmpadas da iluminação pública na Rua da Fonte, em Cidadelha.

Os Bombeiros de Moreira da Maia estiveram no local com sete elementos, um carro de desencarceramento e uma viatura para levantamento de cadáver, assim como duas viaturas INEM, uma viatura médica de emergência e reanimação e uma ambulância para apoio psicológico.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.