Partilhas

Câmara Municipal da Maia ainda não decidiu sobre o assunto.

O Estado de Contingência volta a vigorar já a partir de 15 de setembro e a decisão do horário de encerramento dos estabelecimentos está a cargo de cada município. 

Cozinca

Contactada pelo NOTÍCIAS MAIA, a assessoria de imprensa da Câmara Municipal da Maia respondeu que o município ainda não decidiu sobre o assunto. Sobre quando a decisão estaria tomada, a autarquia não soube responder.

Na reunião do conselho de ministros desta quinta-feira, 10 de setembro, foram anunciadas algumas medidas para os próximo tempos em Portugal. Uma delas é o horário de encerramento dos estabelecimentos que terá de ocorrer entre as 20h e as 23h. Cabe a cada município afixar um horário entre este espeço de tempo indicado pelo Governo. 

Recorde-se que o Estado de Contingência entra já na próxima terça-feira.

Veja aqui a lista de todas as medidas do Governo para o estado de contingência para Portugal Continental:

  • Estabelecimentos não podem abrir antes das 10 horas (com exceções);
  • Ajuntamentos limitados a 10 pessoas;
  • Horários de encerramento dos estabelecimentos entre as 20 e as 23h, por decisão municipal;
  • Em áreas de restauração de centros comerciais, limite máximo de quatro pessoas por grupo;
  • Proibição de venda de bebidas alcoólicas nas estações de serviço e, a partir das 20 horas, em todos os estabelecimentos, salvo refeições;
  • Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública;
  • Nos restaurantes, cafés e pastelarias a 300 metros das escolas, limite máximo de quatro pessoas por grupo.
  • Brigadas distritais de intervenção rápida para a contenção e estabilização de surtos em lares;
  • Recintos desportivos continuam sem público.

Há um “Mercadinho” de artesanato na Maia para ver até domingo

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.