Notícias Maia

Continuam os furtos no interior de viaturas na zona da Maia

Partilhas

Autoridades recomendam que não se deixem bens no interior dos automóveis. O furto no interior de veículo é um delito muito comum, em toda a Área Metropolitana do Porto. Computadores, telefones e outros objetos de valor são os principais alvos.

O Posto Territorial da Maia da GNR, localizado no Castêlo da Maia, registou três queixas na última semana, sendo que por vezes existem casos não reportados, ou registo de queixas em outras localidades. Segundo informações recolhidas pelo Notícias Maia, os casos mais frequentes resultam em vidros partidos, interiores remexidos, auto-rádios furtados ou fechaduras danificadas. Além destas situações, por vezes existe o furto das próprias viaturas.

Para se proteger tranque as portas, guarde as chaves sobressalentes em casa ou no seu bolso, mas nunca no interior da viatura e quando estacionar deixe o lado do motor virado para o local mais visível. Se alguém lhe mexer será mais facilmente detetado.

Para evitar o furto de objetos deixados no interior da viatura, feche-os no porta-bagagens, antes de chegar ao local onde vai estacionar, porque pode estar a ser observado. Os marginais utilizam muito o sistema de vigiar os parques, vendo quem guarda objetos de valor na mala do carro e agindo posteriormente.

Nunca deixe no porta-luvas os documentos da sua viatura, livros de cheques, cartões de crédito ou armas de defesa pessoal. Lembre-se que este local oferece pouca segurança e constitui um dos primeiros “esconderijos” a despertar a atenção dos delinquentes.

Se for vítima de um furto, participe imediatamente à autoridade policial com jurisdição nessa área. Faça uma participação detalhada com indicações precisas no que se refere aos objetos e às suas características, nomeadamente se existem marcas especiais que possam facilitar a sua recuperação. Dê uma descrição tão exata quanto possível.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top