Partilhas

O aumento no número de casos detetados nos concelhos de Vila do Conde e Póvoa de Varzim levou a que as autoridades de saúde pedissem a suspensão de visitas a lares.

A Delegação de Saúde do Aces de Póvoa de Varzim e Vila do Conde decidiu pedir a suspensão de visitas a lares, nos dois concelhos, durante as próximas duas semanas, devido ao aumento no número da propagação de Covid-19.

Nonna Vespa

Estes dois municípios viram os casos de infeção por sars-cov-2, aumentar em 90, com surtos em locais já em fase de desconfinamento, como o caso da conservaria das Caxinas, em junho e o de um jardim de infância na Póvoa de Varzim.

Também Varziela, Guilhabreu e Mindelo voltaram a registar novos casos, segundo o O Minho, que garante informação dada pelos presidentes de junta, com Guilhabreu a registar 30 casos e Mindelo 20.

Já na Junqueira, em Vila do Conde, o posto dos CTT foi encerrado depois de ter sido diagnosticado um caso de Covid-19 a uma funcionária.

Elisa Ferraz, presidente da Câmara de Vila de Conde, tinha já admitido alguma intranquilidade no concelho, com 130 casos ativos no município. Segundo a atualização diária da DGS, publicado nesta segunda-feira, foram diagnosticados mais 61 casos em Vila do Conde e 29 na Póvoa de Varzim.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.