São 210,8 casos, por cada 100 mil habitantes, segundo o relatório da ARS Norte.

Segundo um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), ao qual o NOTÍCIAS MAIA teve hoje acesso, a incidência cumulativa a 14 dias de infeção por SARS-CoV-2/ COVID-19 na Maia, é de 210,8 casos por cada 100 mil habitantes. Os dados são recolhidos pelo Departamento de Saúde Pública da ARS-N e reportam ao período entre 2 e 15 de fevereiro.

Cozinca

Nas duas semanas em evidência neste relatório, há uma queda de 60% da última semana face à penúltima. De 210 casos entre 2 e 8 de fevereiro, a Maia passou a 83 entre 9 e 15 de fevereiro.

Este número coloca agora o município no grupo de concelhos de risco “moderado”, baixando assim a atual categoria de risco e passando ao nível de menor alarame. Recorde-se que a Maia já esteve no grupo de concelhos de risco “extremamente elevado”, tendo posteriormente baixado progressivamente.

A incidência da Maia é assim a mais baixa de todo o distrito do Porto e a segunda menor em toda a região norte, de acordo com os números do relatório, sendo que apenas Macedo de Cavaleiros tem uma menor incidência neste período em análise (179,1).

No distrito do Porto, Valongo com uma incidência de 223,7 e Paredes com 231,2 são os municípios com valores mais próximos da Maia, apresentando mesmo assim menores reduções percentuais entre semanas.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.