Partilhas

O primeiro-ministro anunciou este sábado as novas medidas da renovação do estado de emergência, em vigor até 8 de dezembro.

O Governo vai proibir a circulação entre concelhos entre as 23.00h de 27 novembro e as 5.00h de 2 de dezembro e, igualmente, entre as 23.00h de 4 dezembro e as 5.00h de 9 de dezembro. O objetivo é evitar a circulação de pessoas, durante as pontes que resultam dos feriados de 1 e 8 de dezembro).

Cozinca

Mais ainda, as máscaras vão ter de ser usadas obrigatoriamente nos locais de trabalho. O que já obrigatório em espaços públicos fechados e na via pública, passa agora a ser também nos locais de trabalho, exceto quando são trabalhos “isolados”.

O Governo vai também decretar a suspensão das atividade letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro. Nesses mesmos dias vai ser dada tolerância de ponto na função pública. António Costa apelou ainda às entidades privadas para que dispensem os seus trabalhadores nestes dias, vésperas de feriado.

Para os concelhos com mais de 480 casos por 100 mil habitantes vai haver proibição de circulação entre as 23 horas e as 5 horas nos dias da semana, assim como recolher obrigatório nos próximos fins de semana, entre as 13 horas e as 5 horas, pelo que os estabelecimentos comerciais fecham às 15 horas nestes dias.

As novas medidas que vão entrar em vigor com a renovação do estado de emergência, a partir de terça-feira, foram tomadas numa reunião do Conselho de Ministros que decorreu ontem, sexta-feira, dia 20 de setembro.

[em atualização]

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.