Total fica nos 944 casos, depois da DGS comunicar este domingo a inexistência de novas infeções no concelho da Maia.

O total de pessoas infetadas com a Covid-19 no concelho da Maia, comunicado pela Direção-Geral da Saúde, manteve-se nas 944 nas últimas 96 horas. Este domingo não há registo de novos casos no relatório diário.

Cozinca

Os municípios com o maior número de casos são Lisboa (2400), Vila Nova de Gaia (1568), Porto (1357), Matosinhos (1280), Braga (1225), Sintra (1173), Gondomar (1083) e Loures (1043).

Na região de Lisboa e Vale do Tejo existe agora uma capacidade instalada para realizar e tratar em termos laboratoriais cerca de 7 mil testes por dia. Os testes visam, sobretudo, sectores como distribuição de produtos, obras, construção civil e prestação de serviços de limpeza.

A GNR travou uma festa de música eletrónica, na madrugada de sábado, numa herdade em São João da Ribeira, em Rio Maior. A rave decorria dentro de uma tenda dissimulada na vegetação, com a participação de cerca de 40 pessoas e sem qualquer tipo de autorização.

Casos por 100 mil habitantes em municípios nos arredores da Maia

Município Casos Covid-19 Casos por 100 mil habitantes
Valongo 757 786,6
Matosinhos 1280 735,3
Maia 944 687,8
Gondomar 1083 653,9
Porto 1357 631,4
Santo Tirso 393 574,8
Vila Nova de Gaia 1568 522,9
Trofa 146 381,3
Vila do Conde 294 369,8

90% dos novos casos estão na região de Lisboa e Vale do Tejo

Mais 14 mortos e 297 infetados por Covid-19 nas últimas 24 horas. É um aumento de 0,9% no número de casos face ao dia anterior, de acordo com dados da Direção-Geral de Saúde. O número total de infetados em Portugal é agora de 32500 e registaram-se 1410 mortes. O número de doentes recuperados está agora nos 19409, mais 223 do que ontem.

O número de doentes internados baixou de 514 para 474, mas há mais um infetado nos cuidados intensivos onde estão agora 64 pessoas.

Entre as vítimas mortais registadas nas últimas 24 horas, há uma mulher com idade entre os 20 e os 29 anos. Esta é a segunda vítima mortal neste grupo etário onde até agora só se tinha verificado o caso de um jovem com origem no Bangladesh.

A região de Lisboa e Vale do Tejo volta a concentrar a maioria dos novos casos detetados. Foram 268 em 297, o que corresponde a 90% do total. Entre 14 concelhos analisados, apenas três — Sintra, Alcochete e Montijo — não registaram novos casos. Lisboa, Loures e Odivelas tiveram o maior aumento de novos infetados, 35, 34 e 22, respetivamente.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.