O projeto foi pensado e elaborado pelos alunos da escola no âmbito do projeto NEMESIS. O resultado final demorou 2 meses a ficar concluído e a inauguração aconteceu na passada terça-feira, dia 30 de junho.

A EB1 de Gueifães tem agora um novo espaço de recreio onde os jogos de tabuleiros são os protagonistas. Quem não se recorda dos Labirintos, do Jogo da Glória ou de jogar Damas? Agora imagine tudo isso desenhado no recreio e onde as peças dos tabuleiros são as próprias crianças. Além dos jogos de tabuleiro, estão ainda desenhadas atividades como a Macaca, o Twister, o Tiro ao Alvo, entre outras.

Cozinca

Foi esta a ideia que os deputados do Parlamento de alunos da EB1 de Gueifães tiveram e quiseram realizar, no âmbito do projeto NEMESIS deste agrupamento. Estes deputados começaram por partilhar várias propostas de melhoria para a sua escola. A pergunta “O que poderíamos fazer para tornarmos as pessoas mais felizes no espaço da nossa escola?” acabou por ver a sua resposta assentar na pintura de jogos no chão do recreio. Depois da ideia, foi preciso seguir com o planeamento para que fosse possível concretizar. Propostas de jogos, o material necessário e as regras do jogo foram alguns dos temas debatidas.

Os dois meses de concretização e construção deste novo espaço de recreio foram possíveis graças às famílias dos alunos e ao apoio da Junta de Freguesia e à Câmara Municipal.

O resultado? Um recreio totalmente novo onde os alunos poderão brincar sozinhos ou em grupo desenvolvendo as capacidades motoras, cognitivas e de perceção visual. 

A inauguração contou com o diretor do Agrupamento de Escolas da Maia, Rui Duarte, com a vereadora da Educação, Emília Santos, com a presidente da Junta de Freguesia Cidade da Maia, Olga Freire, com alguns alunos e outros convidados.

O projeto NEMESIS entende-se como um novo modelo educacional para o desenvolvimento de competências em inovação social.

Universidade Sénior promove atividades diárias ao ar livre

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.