Notícias Maia

Escolas do Castêlo da Maia vão instalar painéis solares

Partilhas

Entre as propostas apresentadas, no âmbito do OPE (Orçamento Participativo das Escolas), a vencedora foi “UPAC – AECM”, uma iniciativa que visa “uma alternativa aos recursos não renováveis”, com a instalação de três painéis solares “nos telhados da escola”.

A proposição expõe que uma UPAC (Unidade de Produção e Auto-consumo) permite “poupar energia e reduzir os custos energéticos”, sendo também “um exemplo para as escolas do concelho”. O concretizar desta iniciativa “constitui uma retribuição dos alunos à restante comunidade escolar pelo conhecimento adquirido ao longo do percurso escolar”.

A proposta vencedora contou com cinco alunos do 12º ano como proponentes, Gonçalo Rodrigues, Diogo Rodrigues, Luís Gadelho, Sérgio Lopes e Bernardo Rocha, contabilizando um total de 109 subscritores. Pelo segundo ano consecutivo, os alunos do terceiro ciclo e do ensino secundário foram convidados a ter ideias para melhorar a escola onde estudam.

Através do OPE, o Ministério da Educação (ME) transmite a cada estabelecimento de ensino integrado no projeto uma verba extra: 1 euro por cada aluno, sendo 500 euros o valor mínimo. Esta verba será empregue pelos estudantes para a concretização das suas propostas.

De acordo com o Ministério, foram quase 5 mil propostas apresentadas no OPE2017, destacando-se as rádios escolares, a aquisição de mais tecnologia, a criação de hortas escolares e mudanças nas salas de convívio e nos recreios, abrangendo mais de meio milhão de alunos.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top