A Câmara Municipal da Maia informou que o presidente da autarquia, António Silva Tiago, decretou as medidas de desconfinamento do concelho. Estas vão decorrer em três fases distintas.

A partir desta segunda-feira, as esplanadas poderão reabrir, é autorizada a retoma progressiva das atividades desportivas individuais ao ar livre em instalações municipais, é reaberto o skate park do Complexo da Cidade Desportiva e reabrem ao público a Biblioteca e Museu municipais, bem como as galerias de exposição.

Para já continuam encerrados os parques infantis e equipamentos de ginásio ao ar livre e outros equipamentos e mobiliário cuja utilização implique contacto físico dos utilizadores.

No documento recebido pelo NOTÍCIAS MAIA, o presidente da Câmara sublinha que se tem “assistido à diminuição da taxa de crescimento diário de novas infeções no concelho da Maia, aprofundando a tendência de decréscimo sentida já na avaliação anterior (nos últimos 15 dias, a média da taxa de crescimento diário de novas infeções é de 0,57%, sendo de 0,73 na Área Metropolitana do Porto, 0,65% no Norte e 0,97% em Portugal)”.

Plano para as esplanadas

No que respeita às esplanadas, o presidente do Município “vai propor à Câmara um plano para facilitar, de forma temporária, a implantação ou expansão destes equipamentos”.

António Silva Tiago vai ainda propor “a reabertura dos estabelecimentos comerciais com mais de 400 m2 com porta direta para a rua”.

Fases seguintes

No dia 25 de maio serão reabertos os mercados e as feiras, mas apenas para vendas de produtos frescos.

Já no dia 1 de junho, está planeada a reabertura dos estabelecimentos municipais de ensino pré-escolar, a reabertura dos auditórios municipais e dos jardins da Quinta dos Cónegos, o fim da isenção do pagamento das tarifas de estacionamento nas zonas reguladas por parcómetros, o regresso progressivo ao trabalho presencial nos serviços municipais e a retoma do atendimento presencial nos Gabinetes de Inserção Profissional e nos Gabinetes de Atendimento Integrado Local.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.