A partir dia 1 de novembro deste ano, a legislação passa a prever a reprovação da viatura por falta de limpeza.

“O inspetor deve descrever na ficha de inspeção a não realização dos ensaios e verificações correspondentes à inspeção por não existirem condições de limpeza”, pode-se ler no decreto lei publicado na sexta-feira, dia três de julho.

Nonna Vespa

A legislação já previa que os veículos fossem apresentados à inspeção em condições perfeitas de limpeza, para permitir realizar todas as observações necessárias.

A lavagem de estrada ou de motor, que já era aconselhada, agora passa a ser obrigatória. Também obrigatório, passa a ser o maior rigor dos inspetores na avaliação do estado dos travões, direção, vidros e faróis, eixos, rodas e pneus e as emissões de gases.

Caso seja detetado um software de origem que falseie os números referentes à poluição, os veículos passam a ser automaticamente chumbados pelos inspetores.

Entre outras alterações, agora é controlado o número de quilómetros entre inspeções e estão definidos novos máximos de opacidade e são introduzidas deficiências específicas para veículos de transporte de crianças e de deficientes, assim como anomalias relacionadas com os sistemas EPS, EBS e o ESC.

Estas novas medidas aprovadas pelo IMT pretendem acompanhar as “inovações tecnológicas desenvolvidas pela indústria automóvel e a inerente necessidade de atualização dos métodos e procedimentos de inspeção aplicáveis”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.