Uma família da Maia e um jovem residente em Braga protagonizaram uma queda ao mar, na Praia do Fagil, em Esposende, acabando todos a serem multados pela Polícia Marítima, devido à utilização de uma “embarcação” proibida, que não passava de uma simples boia de borracha.

Nonna Vespa

Pouco passava das 16 horas do passado domingo, quando a boia se virou. Todos os ocupantes entraram em pânico, com exceção de um jovem, de 21 anos, de Braga, que ajudou a namorada, de 16 anos, moradora na Maia, a ficar acima da linha de água. Este apoio foi precioso, permitindo a chegada dos nadadores-salvadores do Instituto de Socorro a Náufragos, numa viatura Amarok, bem como oito operacionais em três viaturas, estes últimos dos Bombeiros Voluntários de Fão.

Segundo a informação veiculada pelo diário online “O Minho”, ainda enregelados, foram todos trazidos para o areal da Praia do Fagil, na Apúlia, em Esposende, recebendo aí a primeira assistência básica, seguindo para o Hospital de Barcelos. Depois de se encontrarem livres de perigo, acabaram por receber alta médica, ainda no início da noite do mesmo dia.

Os outros três intervenientes, um casal de 50 e de 51 anos, assim como uma tia da jovem, com 53 anos, residentes no concelho da Maia, foram também auxiliados a sobreviver na água, enquanto chegava auxílio, acabando a Polícia Marítima por levantar um auto aos acidentados.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.