A Feira Medieval está de regresso ao Mosteiro de Leça do Balio do dia 4 a 8 de setembro. Esta 14ª edição conta com mais um dia de feira medieval e com a recreação do casamento entre D. Fernando e D. Leonor Teles.

A 14ª edição da Feira Medieval de Matosinhos, também conhecida como Feira Medieval de Leça do Balio, está de regresso e arranca já a partir do dia de hoje. Este ano, além do habitual entretenimento e restauração, os “Hospitalários no Caminho de Santiago” vão contar com mais um dia de festa, passando de 4 para 5 dias, e também com a recriação do casamento entre D. Fernando e D. Leonor Teles.

Cozinca

Outra novidade, segundo o comunicado lançado no site oficial da Câmara Municipal de Matosinhos, é também a existência de uma aplicação informática onde vão estar “informações sobre esta recriação histórica que a Câmara Municipal de Matosinhos organiza”. Para o papel principal deste casamento real, a feira medieval vai contar com a participação dos atores Vítor de Almeida e Rita Camarneiro.

Este certame surgiu para promover os Caminhos de Santiago no concelho e também para divulgar o Mosteiro de Leça do Balio. Este mosteiro, cujas origens remontam ao século X, é um dos monumentos mais emblemáticos do Norte de Portugal. Ainda hoje, este Mosteiro continua a ser um local de passagem para quem percorre os Caminhos de Santiago.

O programa de atividades deste ano vai contar, como é já comum, com um espaço dedicado aos mais novos. Neste local, os mais jovens vão poder realizar inúmeras atividades lúdicas e ateliês de componente pedagógica. Na programação do evento, que pode ser consultada no website da Câmara Municipal de Matosinhos, a organização afirma que os visitantes vão poder ainda somar “animação, música e dança, visitas guiadas ao património, torneios a cavalo, treinos de armas e de aves, entre muitas outras atividades“.

Desta quarta, dia 4, a domingo, dia 8, a Feira Medieval de Leça do Balio espera receber milhares de visitantes e bater as 95 mil pessoas que passaram pelo evento em 2018.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.