A empresa de transportes do Grupo Garland, com centros de logística na Maia, sofreu uma ligeira quebra na distribuição de mercadoria a nível nacional, mas continua a transportar, em média, 430 toneladas por dia, de e para Portugal.

A Garland Transport Solutions (GTS) é uma empresa de transportes do Grupo Garland que tem, na Maia, alguns dos centros logísticos que opera.

Cozinca

A GTS decidiu otimizar a rede de serviços de distribuição last mile e first mile em Portugal. A estratégia começou a ser colocada em prática em janeiro do ano passado, registando nos primeiros meses de 2020 um crescimento de 180% face ao mesmo período do ano passado.

Mais vocacionada para o transporte internacional, “a GTS sempre fez, no entanto, distribuição last mile e first mile de carga aérea, rodoviária e marítima. O objetivo principal desta aposta foi a otimização da rede de distribuição a nível nacional. É uma clara situação de win-win, pois quanto mais carga distribuímos em Portugal, mais conseguimos otimizar a nossa rede e melhor serviço proporcionamos aos clientes que nos confiam o seu tráfego internacional”, explica Luís Ribeiro, diretor comercial nacional da GTS.

GTS transporta uma média de 430 toneladas por dia de e para Portugal

Com cerca de 600 clientes ativos ao ano neste segmento de negócio, 20 dos quais absorvendo 50% do movimento, a GTS transporta uma média de 430 toneladas por dia de e para Portugal. Estas distribuem-se por todo o tipo de mercadorias, paletizada, paqueterizada e pendurados. A maioria das entregas inserem-se no tipo Business-to- Business e estão tipicamente concentradas no litoral do país.

A pandemia de Covid-19 trouxe uma ligeira quebra na distribuição de mercadoria a nível nacional comparativamente aos excelentes números que se verificaram no início do ano. No entanto, com a rede a recuperar e com os apelos das entidades oficiais para o incremento da produção e consumo de produtos nacionais, a GTS espera manter o crescimento acentuado nos serviços de distribuição em território português.

Centros logísticos da Garland na Maia consomem apenas energia verde

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.