Uma troca de lugar no avião permitiu que a ginasta da Maia não fosse considerada um contacto de risco.

Filipa Martins está em Tóquio para representar Portugal nos Jogos Olímpicos mas, por causa de um caso positivo no avião com destino à Vila Olímpica, quase foi impedida de participar nos Jogos.


A ginasta do Acro Clube da Maia explicou, através dos stories na sua conta de Instagram, que, quando aterrou na Vila Olímpica, ela e o seu treinador, José Ferreirinha, tiveram de ficar em isolamento por ter sido detetado um caso positivo no avião que os transportou. Este avião viajou de uma cidade vizinha, onde Filipa fez um estágio antes dos Jogos Olímpicos, para a Vila Olímpica, onde fixam todos os atletas e staff que participam na prova.

Filipa explicou que a companhia aérea considerou a atleta e o treinador “contactos de risco” mas, depois de ambos explicarem que trocaram os lugares, não foi necessário manter o isolamento. Isto porque, segundo conta a atleta, o avião estava praticamente vazio e os passageiros se afastaram entre si.

Se tivesse de manter o isolamento, Filipa falharia a sua participação nos Jogos.

Apesar do susto, Filipa Martins já está na Vila Olímpica e entrará em cena já no próximo dia 25 de julho.

Recorde-se que esta é a segunda vez que a ginasta do Acro Clube da Maia participa nos Jogos Olímpicos, depois de ter marcado presença nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

Aos 25 anos, Filipa tem a melhor classificação de sempre na ginástica artística portuguesa, com um 37º lugar na classificação geral individual feminina nos Jogos Olímpicos de 2016. Além disso, soma várias medalhas em Taças do Mundo e participações em Campeonatos do Mundo e da Europa.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.