Uma delegação suíça, composta pelo Chanceler Federal Walter Thurnherr, pelo Embaixador Helvético em Portugal André Regli e pelos Secretários Gerais (chefes administrativos) dos vários cantões, visitou na passada sexta-feira 31 de maio, a Fábrica Nortada, no Porto.

A recepção, que incluiu uma pequena pausa para almoço, foi dominada por uma apresentação sucinta das leis laborais portuguesas, assim como uma breve descrição da tributação existente em Portugal, principalmente no referente às empresas, ao consumo e ao rendimento. Esta visita decorreu no âmbito de um périplo de três dias, com o propósito de estreitar as ligações entre a Suíça e Portugal, envolvendo eventos nas cidades de Lisboa e Porto.

DS Crédito

Walter Thurnherr, Chanceler Federal da Suíça, desempenha funções equivalentes a um ministro ou secretário geral do governo, com responsabilidade sobre o poder regional. Refira-se ainda que lidera desde 2016 a Chancelaria Federal, a mais antiga instituição administrativa da Confederação Helvética, tendo funções de apoio e conselho ao Governo.

Na Fábrica Nortada afirmou que “este tipo de visitas acontecem a cada dois anos. A suíça tem um sistema federal muito específico, onde os cantões possuem um conjunto vasto de competências. Estas visitas pretendem observar como funcionam os outros países, como se organizam administrativamente, como resolvem as suas questões, como funciona a economia, entre outros. Os elementos desta delegação, ao regressarem, levam as suas opiniões acerca dos países e das empresas que visitam, o que acaba por ajudar nas decisões de investimento. A comunidade Portuguesa na Suiça, com 270 mil elementos, não sendo determinante acabou por influenciar a escolha, já que existiam outros países na lista de escolhas possíveis”.

André Regli, Embaixador da Confederação Suíça em Lisboa, destacou que “este ano a Suíça e Portugal celebram 100 anos de relações diplomáticas bilaterais. Tentei dar visibilidade e atrair delegações. Os decisores que integram esta delegação, que veem as potencialidades do país, são quem está em contacto e aconselha a indústria. É uma delegação muito importante”.

António Raab, Vice-Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal, sublinhou que “a importância desta comitiva é enorme. Aquando da visita ao Porto, achei interessante que ela passasse na Fábrica Nortada. É um projeto muito relevante e os responsáveis suiços podem ver que há startups com valor em Portugal.”

Sobre a Nortada, destacou que “ninguém acreditava que era possível existir uma fábrica de cerveja na Rua de Sá da Bandeira, no centro do Porto. Quando me apresentaram este projeto, animou-me a audácia que ele continha. Iniciativas como esta impressionam os membros desta comitiva, que veem que há empreendedores que conseguem fazer coisas que todos os outros acham impossível. Espero que o crescimento da marca continue e que cada vez mais pessoas comecem a apreciar a Nortada”.

Raab rematou referindo a importância desta comitiva não ficar “só no Sul, onde está a política, mas que venha também ao Norte, onde está a indústria. Queremos receber bem, para que futuramente se decidam pelo Norte.”

Estas visitas de Estado duram cerca de três dias e são igualmente uma oportunidade para juntar os líderes de todos os cantões suíços e de tratar de questões entre os próprios.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.