Foi criado um percurso para que os visitantes não se cruzem à entrada e à saída. É obrigatória a desinfeção das mãos à entrada.

A Festa da Cereja de Resende na Maia acontece no Edifício Polo da Maia da Freguesia Cidade da Maia, junto ao Zoo, durante este fim-de-semana e o próximo. Durante esta manhã e o início da tarde, já foram centenas as pessoas que por aqui passaram mas, ainda assim, “menos do que em anos anteriores“, diz ao NOTÍCIAS MAIA a pessoa responsável pela organização da fila à entrada.

DS Crédito

A edição de 2020 não tem atividades lúdicas e é apenas para a venda de cerejas dos produtores de Resende. Além das cerejas, há ainda outros produtos à venda, como licores. 

A Festa da Cereja de Resende já é um evento habitual na Maia. Apesar da pandemia de Covid-19, a venda da cereja foi mantida nos fins-de-semana de 6 e 7 e de 13 e 14 de junho. Em cada um dos fins-de-semana estarão presentes 5 produtores de Resende.

Ao NOTÍCIAS MAIA, Olga Freire, presidente da Junta de Freguesia Cidade da Maia, explicou que foi ponderado o cancelamento do evento, mas que com a suspensão das atividades lúdicas que geravam aglomerações, estão reunidas condições para a Festa da Cereja de Resende se manter.

“É importante para dinamizar a economia“, afirmou a autarca.

A edição de 2020 acontece fora do espaço da bilheteira do Zoo da Maia. Este ano não haverá workshops, nem outras atividades, mas sim e apenas, a venda da cereja propriamente dita.

Olga Freire explica que se trata de “um local ao ar livre onde não se propicia a aglomeração de pessoas” e que a maioria das pessoas “compram e seguem”. A mudança do local deste evento evita que os visitantes do Zoo e as pessoas que vão comprar cerejas se cruzem.

Neste sentido, a presidente da Junta de Freguesia Cidade da Maia diz-nos que foram pensados circuitos “para evitar que as pessoas entrem e saiam pelo mesmo sítio”

Maia vai plantar uma árvore por cada nascimento no concelho

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.