O Notícias Maia esteve em Vila Nova da Telha para ouvir Joaquim Azevedo. O autarca falou-nos de uma população “exigente e que sabe o que quer” e mostrou-nos um território “seguro e limpo, onde dá gosto morar”. O Vilanovense afirma que “tenta criar condições para que as pessoas gostem de viver” em Vila Nova, que felizmente está “bem servida, tanto graças ao trabalho da Câmara Municipal, como da Junta de Freguesia”.

NM: Como vê o seu mandato?

Cozinca

Joaquim Azevedo: O meu mandato é um seguimento do trabalho realizado ao longo de 16 anos de autarca. No final deste, serão 4 como tesoureiro, 4 como secretário e 8 como presidente. É um trabalho feito com critério e, como as verbas não são muitas, o investimento tem de ser assertivo (…).

(Leia toda a entrevista na primeira edição da revista Notícias Maia, disponível em mais de 150 pontos de venda, entre quiosques, papelarias e postos de abastecimento).

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.