fbpx

Notícias Maia

Laboratório do CICCOPN assinala 25 anos de acreditação

Partilhas

O Laboratório de Geotecnia e Materiais de Construção (LGMC) do CICCOPN é um laboratório aberto ao setor, acreditado pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) para ensaios nas diversas áreas de atividade. Este laboratório, com recursos técnicos de elevado nível, presta serviços significativos ao setor, estabelecendo uma ligação direta às empresas de Construção e outras entidades.

No âmbito da comemoração dos 25 anos de acreditação, teve lugar a 18 de outubro um encontro de colaboradores e ex-colaboradores do LGMC. A sessão de abertura e boas-vindas foi conduzida por Rui Valente e Carla Vale, respetivamente Diretor e Presidente do Conselho de Administração do CICCOPN, havendo lugar, de seguida, a intervenções de Luis Ferreira da Silva, Diretor Adjunto do CICCOPN, e Adriano Teixeira, Diretor Técnico do LGMC. Posteriormente foi dada a palavra a diversos colaboradores e ex-colaboradores, para que pudessem dar o seu testemunho pessoal e profissional, assim como partilhar as suas experiências e memórias.

No início do evento, a Administração e da Direção do CICCOPN salientaram a importância do Laboratório para o Centro e o papel fundamental de todos os que colaboraram para a obtenção desta acreditação, a qual serve de chancela para a grande qualidade dos serviços prestados às empresas do setor da Construção. Os responsáveis do CICCOPN evidenciaram o profissionalismo de todos os colaboradores do laboratório e deixaram um agradecimento pelo empenho demonstrado em todos os momentos.

O Diretor Técnico do LGMC agradeceu de forma particular à Administração e Direção do CICCOPN pelo apoio na realização deste evento e fez uma breve alusão aos principais marcos históricos do Laboratório. Relembrou que o primeiro pedido de acreditação foi feito ao Instituto Português da Qualidade, para um total de 64 ensaios, e que o LGMC foi dos primeiros laboratórios a nível nacional a solicitá-la. Como nota final, ressaltou que uma parte importante dos colaboradores do LGMC iniciou a sua formação no primeiro curso de Operador de Laboratório, realizado no CICCOPN em 1985.

Foram diversos os colaboradores e ex-colaboradores do LGMC a usar da palavra, sobretudo para recordarem momentos chave na vida da instituição. Destaque especial foi dado a Alves Ribeiro, um dos primeiros responsáveis do LGMC, cuja visão pioneira para o desenvolvimento do Laboratório foi revelada por diversos dos presentes. Por entre muitas intervenções emotivas, um dos antigos colaboradores do Laboratório destacou que o saber-fazer obtido durante a passagem pelo LGMC foi uma base fundamental para o seu percurso profissional.

Após o evento, seguiu-se uma visita às instalações do Laboratório e um almoço de confraternização no refeitório do CICCOPN.

Em entrevista ao Notícias Maia, Adriano Teixeira explicou que o Laboratório nasceu ainda na década de 1980, desdobrando-se, desde então, em duas vertentes principais – em primeiro lugar, a formação a jovens e a pessoas no ativo, por forma a aumentar as mais-valias na área do controlo da qualidade das obras, e, em segundo, a vertente da prestação de serviços ao exterior, através da realização de ensaios para empresas, particulares e entidades públicas, nas diferentes áreas de atividade do Laboratório.

O Diretor Técnico do LGMC salientou que o caminho para a acreditação começou por volta de 1992, quando um grupo de técnicos do Laboratório julgou possível dar um passo em frente, apesar das dificuldades resultantes de ser um laboratório destinado a formação. Desde essa altura, o Laboratório tem sido uma âncora, não só para o CICCOPN, mas também para o setor da Construção, recebendo um vasto reconhecimento externo. A acreditação foi, sem dúvida, um sucesso que se estende até hoje.

Adriano Teixeira recordou que o LGMC realizou ensaios para várias obras marcantes, como o novo estádio do Sporting de Braga ou a Metro do Porto. Os clientes não se limitam ao território nacional, tendo as equipas do Laboratório viajado para países como Cabo Verde e França, entre outros. Para o futuro, o objetivo principal passa por manter a acreditação, o que, neste momento, é já uma rotina. A médio prazo, existe a vontade de alargar o âmbito do trabalho para áreas novas, por forma a dar resposta às necessidades do setor da Construção Civil e Obras Públicas.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top