O troço desde a estação de metro de Mandim ao norte do Castêlo da Maia terá um custo previsto de 800 mil euros

Foi publicado em Diário da República o anúncio do Concurso Público para a construção do novo troço do Ecocaminho da Maia, desde a estação de metro de Mandim ao norte do Castêlo da Maia. O valor base do procedimento é de €799899,00, com um prazo de execução de 12 meses.

Cozinca

Atualmente, o Ecocaminho corresponde a um troço da antiga linha ferroviária de Guimarães integrado num percurso mais abrangente, de aproximadamente 3,3 km, desde a Quinta dos Cónegos, na freguesia da Cidade da Maia, ao antigo Apeadeiro de Mandim, freguesia do Castêlo da Maia. Ao longo deste percurso são oferecidas distintas paisagens, onde prevalecem área arborizada, confrontações com logradouro de hortas, a antiga estação ferroviária da Maia e áreas agricultadas. Foi inaugurado em 13 de julho de 2015.

O Ecocaminho é visto como um espaço destinado à atividade desportiva e lazer pois oferece às pessoas a infraestrutura necessária para estas fazerem os seus passeios e corridas a pé ou de bicicleta, dispondo de um espaço de estadia e de um recreio infantil no seu trajeto para promover a interação social e momentos de família. Estão ao dispor do utilizador locais de descanso, miradouros, mobiliário urbano, sinalética, iluminação adequada e até um ponto de água potável.

Para uma melhor compreensão da frequência de pessoas em mobilidade suave, é feita uma monitorização de três pontos específicos no início, meio e fim do percurso do Ecocaminho para que se possa perceber a adesão dos diferentes utilizadores aos vários pontos do trajeto. Estas informações permitem ao município compreender como o caminho é utilizado e apostar de forma ponderada em novos investimentos que melhorem a experiência dos utilizadores.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.