O lar CliniCuidados – Apoio Domiciliário e Residência Sénior, em Silva Escura, tem atualmente três utentes infetados com Covid-19 e a maioria dos seus funcionários está em quarentena ou isolamento.

Dado o quadro atual, a Diretora deste lar situado na freguesia de Nogueira e Silva Escura pede ajuda para reforçar equipa. De acordo com Sara Alvarenga, diretora técnica da instituição, citada pelo Jornal de Notícias, os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados a 25 de março.

Três senhoras, com idades compreendidas entre os 70 e os 80 anos, apresentavam sintomas compativeis com a Covid-19, nomeadamente tosse seca. Foram contactadas a linha Saúde24, a Proteção Civil e a Câmara da Maia.

No último domingo, a autarquia acabou por transferir 17 idosos, que foram testados, para um hotel da cidade, enquanto a instituição procedeu à desinfeção de todo o edifício. Assim que sejam conhecidos os resultados dos testes, os idosos deverão voltar à residencia, sendo separados mediante o resultado dos seus testes.

Entre os funcionários, 16 encontram-se atualmente em quarentena ou em isolamento profilático. Restam apenas quatro pessoas para cuidar dos utentes, sendo duas delas parte da direção técnica da instituição e estando 24 horas por dia no lar. Os cuidados aos utentes não estão em causa, no entanto, apelam ao voluntariado por parte de pessoas que possam ajudar a reforçar a equipa.

Há vários lares na Maia com caos positivos, tanto entre utentes como entre colaboradores. Na última semana, a Câmara Municipal da Maia anunciou que vai realizar testes a todos os idosos hospedados em lares de 3ª idade, públicos e privados, sediados no seu território.

O Governo anunciou igualmente um programa de testes à Covid-19 nos lares de idosos, deixando de fora os lares situados na região norte, onde a situação é mais grave. A fase inicial prevê a realização de 10 mil testes apenas nos distritos de Lisboa, Faro, Aveiro e Guarda.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.