Notícias Maia

Maclet, de Shakespeare, na Quinta da Caverneira

Partilhas

A história de uma suspeita – semeada em terreno favorável por visitas espectrais, alucinações delirantes ou sonhos vocacionados para a reparação do mundo – a fazer o seu caminho até se converter, nas aragens mais altas de um tempo ainda talvez ainda de Deus, em questão derradeira dirigida à escolha suprema (“ser ou não ser”), à decisão final, ao julgamento do homem sobre a sua existência.

Texto Primeira parte de Maclet, de Shakespeare, tragédia construída por José Abreu Fonseca com textos de Macbeth e de Hamlet; Direção de Ator: José Abreu Fonseca; Interpretação: Pedro Bastos; Encenação: José Abreu Fonseca e Pedro Bastos; Figurino: Luísa Pinto; Desenho de Luz e operação técnica: Pedro de Carvalho; Música instrumental (composição e interpretação): Alfredo Teixeira; Design Gráfico: André Rabaça; Direção Artística do Teatro Art’Imagem: José Leitão; Apoios: Associação Santo Mamede (António Rocha e Joana Leite), Associação Sócio-Terapêutica de Almeida–ASTA (Maria José), Oficina de Teatro de Favaios–OFITEFA (João Machado e Fátima Abade), O Plátano de Alijó–Rancho Folclórico (Lina Carvalho), Câmara Municipal de Alijó (Mafalda Mendes).

18 e 19 de janeiro, 21h30, 20 de janeiro, 16h00
Auditório da Quinta da Caverneira
Maclet, de Shakespeare – Monólogo, 1º andamento
Teatro Art’Imagem/Teatro do Morcego – Laboratório Oficina

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top