Notícias Maia

Maia desceu um lugar no ranking dos municípios e ocupa a 23ª posição

© DR/ Bruno Ribeiro
Partilhas

A Maia desceu um lugar no ranking nacional dos municípios, segundo os dados da Bloom Consulting, que faz a medição do desempenho dos 308 municípios portugueses, nas categorias de Viver, Visitar e Negócios.

Segundo o ranking PortugalCity Brand Ranking publicado este ano, a Maia surge no 23.º lugar entre os municípios portugueses – em 2018 estava em 22.º – encontrando-se no lugar 17 na vertente Negócios (menos 2 que em 2018), no 23.º posto na vertente Viver (menos 3 que em 2018) e na posição 37 em Visitar.

Nesta edição, o grande destaque no top 25 vai para o Município de Viana do Castelo. Depois de uma descida de 2 posições na edição passada do ranking – que tinha ditado a saída deste topo da tabela – volta agora diretamente ao 21º lugar com uma impressionante subida de 5 posições, protagonizando assim o maior salto da tabela entre os 25 municípios com melhor desempenho em Portugal.

Évora protagoniza a segunda maior subida entre os lugares de topo (3 posições), alcançando o 17º lugar na tabela. Depois de 3 edições sem subidas, o notável desempenho de Évora catapultou o município para a porta do Top 15, onde só esteve na primeira edição do ranking.

Entre as subidas, registam-se ainda os resultados de Setúbal (+1), Aveiro (+1), Oeiras (+2) e Portimão (+1). No que toca às descidas encontramos alguns municípios vizinhos dos dois primeiros classificados: Vila Nova de Gaia (-1), Almada (-1), Matosinhos (-2) e Maia (-1), bem como Albufeira (-3) e Viseu (-1).

Ranking regional – Norte

Como sucedeu a nível nacional, também dentro da região norte a Maia desceu um lugar, para o 7º posto. Encontra-se no lugar 7 na vertente Negócios, no 9.º posto na vertente Viver e na posição 9 em Visitar.

Porto, Braga e Vila Nova de Gaia mantêm os três primeiros lugares no Ranking Regional do Norte e repetem a presença no Top 10 nacional, mantendo assim o pódio regional inalterado.

Na 4ª posição está agora Guimarães (+1) que recupera a posição perdida na edição de 2017, conquistando ainda o 3º lugar no Ranking de Turismo do Norte.

A subida de Guimarães (+1) ditou a descida de Matosinhos (-1) para o 5º lugar. Viana do Castelo (+1) sobe ao 6º lugar, alcançando assim o seu melhor resultado desde a edição de 2014. A descida da Maia (-1), a subida de Barcelos (+2) e as descidas de Vila do Conde (-1) e Bragança (-1) completam as mudanças no Top 10 da Região Norte.

Ainda de destacar nos lugares cimeiros, a subida de Póvoa do Varzim (+1), Vila Nova de Famalicão (+1), Santo Tirso (+1), Amarante (+1), Valongo (+1) e Gondomar (+2). No entanto, a maior subida do Top 25 do Norte estava reservada a Esposende (+4) que subiu ao 21º lugar.

COMENTE
MaiaSymphonic

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top