Partilhas

Trata-se de um novo recorde na recolha seletiva de resíduos na Maia.

A Maia alcançou, em 2020, um novo recorde na recolha seletiva de resíduos, tendo a Maiambiente registado mais de 22 mil toneladas recolhidas. Estas 22 mil toneladas representam 34,28% do total de resíduos, superando os valores de 2019 (33,96%). Os resíduos foram já enviados para a reciclagem. 

Cozinca

Para a empresa, este é “um excelente resultado” ao qual se soma o índice de “Retomas de Recolha Seletiva” a atingir os 82 kg hab./ano e a “Taxa de Preparação para Reutilização e Reciclagem” que atingiu os 48%.

Representando a recolha seletiva mais de 65 mil toneladas, os fluxos de resíduos mais recolhidos foram o papel (4.352 ton.), o vidro (3.680 ton.) e as embalagens (3.437 ton.), um acréscimo de 15.6%, 6,5% e 12,3%, respetivamente, relativamente ao ano anterior.

Contribuiu ainda para estes resultados a recolha de resíduos verdes, resíduos de construção e demolição, de madeira, objetos volumosos, plástico, resíduos elétricos e eletrónicos e resíduos têxteis. “Contudo, fruto da pandemia da COVID-19 houve um recuo de resíduos orgânicos recolhidos”, explica a Maiambiente em comunicado.

Face a 2019, em termos globais, a quantidade total de resíduos recolhidos cresceu residualmente em cerca de 391 toneladas, com o contributo dos recicláveis em 343 toneladas e dos indiferenciados em 48 toneladas.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.