Partilhas

O tenista maiato perdeu a final da quinta edição do Re/Max Lounge Setúbal Open frente ao alemão Sebastian Fanselow.

O português e maiato Nuno Borges ficou perto de conquistar o 1º lugar da da quinta edição do Re/Max Lounge Setúbal Open, a contar para o ranking Federação Internacional de Ténis.

Cozinca

No passado domingo, dia 11 de outubro, o tenista luso, que jogou o quadro principal a convite da organização, perdeu na final ao alemão Sebastian Fanselow (451.º ATP), com os parciais de 6-4 e 7-6(3).

O jovem tenista da Escola de Ténis da Maia acabou por perder a final no Clube Ténis de Setúbal e deixou escapar 15 mil dólares em prémio.  

Segundo o website Raquetc, “o tenista português revelou alguns problemas a nível nasal, nomeadamente algum congestionamento. Aliado a esse problema, Nuno Borges teve de enfrentar a habitual entrega de Fanselow, que lutou por cada bola como se fosse a última”.

“Acredito mesmo que não é aqui que vou ficar e que posso ir mais longe”

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.