Para frequentar a Universidade Sénior Experiências e Saberes basta ter mais de 55 anos e “possuir a robustez física e psíquica necessária à participação nas atividades”. Os custos de participação “serão acessíveis”.

No passado dia 1 de outubro decorreu, no Auditório da Junta de Freguesia de Nogueira e Silva Escura, a cerimónia de abertura do ano escolar da Universidade Sénior Experiências e Saberes – USES.

Cozinca

Esta universidade resulta da concretização de um projeto da Associação Recreativa e Cultural de Nogueira e Silva Escura (ARCNSE, com o apoio do Portugal Inovação Social e onde a Junta de Freguesia de Nogueira e Silva Escura assumiu o papel de Investidor Social.

Quer fazer parte? Basta ter mais de 55 anos de idade e “possuir a robustez física e psíquica necessária à participação nas atividades”. Os custos de participação “serão acessíveis”, garante a organização.

O objetivo desta universidade é dinamizar “um conjunto de atividades que valorize e capacite os seniores da freguesia (e do concelho)” de forma a minimizar a exclusão social. 

Desta premissa, a Universidade Sénior propõe-se a:

• Promover atividades recreativas e culturais, nomeadamente convívios, encontros de reflexão, palestras, oficinas de trabalho, debates, visitas de estudo e passeios que permitam a formação pessoal e social ao longo da vida;
• Convívio e diálogo inter-geracional de modo a combater a solidão e a exclusão social dos seniores;
• Troca de ideias, valores e experiências, ocupando o tempo livre de modo útil e agradável;
• Promover a saúde física, mental e relacional das pessoas;
• Educar para a cidadania, o consumo, a defesa do meio ambiente, a saúde, a compreensão e tolerância;
• Fomentar a participação ativa, crítica e reflexiva dos seniores na sociedade civil.

As temáticas a abordar serão as tecnologias, as humanidades e tradições, o ambiente e segurança e as artes e o bem-estar.

Recorde-se que a Associação Recreativa e Cultural de Nogueira e Silva Escura tem também em andamento um projeto onde a música é o ponto de partida.

“Ao Som das Gerações” é o novo projeto que está a dar música aos maiatos

 

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.