fbpx

Notícias Maia

Nogueirense vence com golo a 35 metros aos 95 minutos

© DR
Partilhas

O encontro da quinta jornada do campeonato entre duas equipas maiatas terminou com um golo ao cair do pano, a 35 metros da baliza, aos 95 minutos. O Nogueirense entrou em campo como último classificado, com zero pontos, teve um guarda-redes suplente a fazer uma exibição de antologia e marcou um golo no último fôlego. Ivan saiu com clavícula partida aos 22 minutos.

O jogo começou com forte apoio das bancadas. Os adeptos do FC Maia Lidador fizeram-se ouvir antes do jogo começar, durante os 95 minutos de jogo e continuaram a apoiar a equipa para além do apito final. Neste dérbi maiato, os adeptos foram a par do guarda-redes do Nogueirense, os melhores do jogo.

Pelas habituais 15 horas de domingo, começam os jogos da Divisão de Elite da AF Porto. No Estádio Prof Dr José Vieira de Carvalho defrontaram-se duas equipas juntas pela localização, ambas do concelho da Maia, mas separadas pelos extremos da tabela classificativa. Enquanto o FC Maia Lidador entrava em campo como líder invicto, o Nogueirense FC era o lanterna vermelha do campeonato, com zero pontos.

Os de Nogueira entraram em campo com três centrais e vontade de marcar, com pressão alta e linhas subidas. Tanto que aos 14 minutos de jogo, o guarda-redes andava fora da área e perante um remate com selo de golo, decidiu usar as mãos para defender. Cartão vermelho sem discussão.

O Maia apanhou-se em superioridade numérica quando ainda faltava a maioria do jogo por disputar. Mal sabia que o guarda-redes suplente que entrou a tremer e com dificuldades para segurar a bola, seria o melhor homem em campo.

A partir da expulsão o FC Maia Lidador teve tanto de domínio de jogo como de falta de eficácia em frente à baliza. Foram muitos os lances em que podia ter marcado, mas ou encontraram o guarda-redes que por diversas vezes foi buscar bolas de difícil defesa, ou a falta de pontaria imperou. Os remates por cima da barra foram uma imagem de marca do jogo.

Aos 22 minutos de jogo Ivan saiu lesionado, com a clavícula partida. Ricardinho entrou para o seu lugar.

O Nogueirense jogou na retranca, à espera do Maia Lidador e a tentar explorar o contra ataque, tendo conseguido criar duas oportunidades de golo.

Aos 67 minutos um lance sobre Cafú na grande área do Nogueirense levantou grandes dúvidas. Há carga sobre o avançado, em cima da linha final. O árbitro mandou seguir jogo.

Os de Nogueira com a habitual estratégia de quem joga fora e em inferioridade numérica, aproveitaram para queimar tempo de jogo e tentaram impedir os da Maia de jogar.

O momento da partida surge aos 95 minutos, nos últimos segundos de jogo. Ao cair do pano, Renato Maia fez falta a uns 35 metros da baliza para evitar o contra ataque. Com o FC Maia Lidador adormecido, talvez em transe devido à quantidade de lances falhados, surge o remate e o golo. O camisola 20 do Nogueirense sentenciou a partida com um livre batido muito longe da baliza. Estão somados os primeiros pontos do campeonato e com a conquista de hoje, saiu dos lugares de despromoção.

Na próxima jornada o FC Maia Lidador, agora terceiro classificado, vai ao Padroense, que perdeu com o Salgueiros (2-1), e o Nogueirense recebe o Varzim b, que empatou sem golos com o Infesta. No topo da tabela, surge agora o Salgueiros e o Rio Tinto, com 12 pontos cada um, mais dois do que o Maia Lidador e o Foz, este derrotado hoje em Rio Tinto (1-0).

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top