O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei do PSD que torna obrigatório o uso de máscara durante os próximos três meses. Medida que poderá ser prolongada no futuro.

O documento teve os votos a favor de PSD, PS, BE e CDS-PP. A Iniciativa Liberal votou contra. Por seu lado, o PCP, o PAN, o PEV e a deputada Joacine Katar Moreira abstiveram-se. O deputado André Ventura, do Chega, que era contra a medida, não votou por estar em campanha nos Açores.

Chefe Albino

O projeto de lei agora aprovado, determina a utilização obrigatória de máscaras “para o acesso ou permanência nos espaços e vias públicas” ao longo de 90 dias, contabilizados a partir do dia seguinte ao da publicação da lei em Diário da República. Este período pode ser renovado, em função da forma como evoluir a crise sanitária.

A lei estará em vigor em todo o território nacional, sendo que apenas tem de ser cumprida por maiores de 10 anos de idade. Cabe às forças de segurança e às polícias municipais fiscalizar o cumprimento desta obrigatoriedade.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.