Partilhas

Primeiros dias de janeiro de 2021 com liberdade de circulação restrita após as 13.00h.

António Costa falou, esta quinta-feira dia 17 de dezembro, aos portugueses, depois de uma reavaliação das medidas para o Natal e Ano Novo.

Cozinca

Segundo o Primeiro-Minsitro, e ao contrário do previsto, “temos de cortar totalmente as celebrações de Ano Novo”. Neste novo cenário, a liberdade de circulação passa a ficar restrita a partir das 23.00h do dia 31 e no feriado de dia 1, nos dias 2 e 3 a circulação será restrita a partir das 13.00h.

António Costa explica que, por um lado, o número de óbitos é ainda extremamente elevado e, por outro lado, o ritmo de diminuição do número de novos casos tem vindo a tornar-se mais lento.

Estas restrições agora anunciadas serão aplicadas em todos os concelhos do país. Quanto aos horários do comércio, estes não irão sofrer alterações face ao que está previsto.

Natal celebrado com “cuidado”

“Os festejos de Natal têm de decorrer com máximo de cuidado, com o mínimo possível de pessoas”, lembrou António Costa.

“Não estamos hoje no ponto onde desejávamos estar para encarar o próximo Natal com tranquilidade” e, por este motivo, “os festejos de Natal têm de decorrer com máximo de cuidado, com o mínimo possível de pessoas”.

“Cada um de nós é um risco e é maior quanto mais formos e quanto menos protegidos estivermos”, diz o Primeiro-Ministro, que aconselha todos a estarem com máscara o máximo de tempo possível.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.