O Partido Comunista quer que o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, esclareça o que consideram ser falta de condições no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, em dias de nevoeiro.

Que medidas irá o governo tomar para garantir que o Aeroporto do Porto tem condições de aterragem em dias de nevoeiro e quando vão ser tomadas? São estas as questões que o PCP quer ver respondidas pelo Governo.

DS Crédito

O PCP considera existir um problema, já que há cerca de uma semana, ocorreu o desvio de 10 voos num só dia, havendo ainda falta de um segundo aparelho de auxilio à aterragem em dias de intenso nevoeiro, ao contrário dos Aeroportos de Faro e Lisboa, que contam com dois aparelhos.

Sendo o Aeroporto uma infraestrutura fundamental para o país, em particular para o norte do país, e por isso, situações desta índole, resultam da falta de vontade política para valorizar o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que só prejudicam o distrito e a população.

O Ministro das infraestruturas confirmou ao Porto Canal não ter essa falha identificada.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.