O primeiro-ministro polaco disse que a Polónia deve permanecer na União Europeia pronunciando-se na altura em que ocorre uma decisão histórica do Tribunal Constitucional da Polónia que provoca o risco de saída do país do bloco europeu.

“O lugar da Polónia é e será entre a família das nações europeias”, declarou esta sexta-feira, 8 de outubro, Mateusz Morawiecki, primeiro-ministro polaco, através do Facebook.

Leonidas

A declaração surge numa altura em que ocorre uma decisão histórica do Tribunal Constitucional da Polónia que provoca o risco de saída do país do bloco europeu. É que, na quinta-feira, o Tribunal Constitucional da Polónia determinou que “partes” do Tratado de Adesão do país à União Europeia são incompatíveis com a Constituição polaca.

O Tribunal Constitucional pronunciou-se depois de vários adiamentos após o Governo ter pedido um parecer sobre a primazia do direito polaco relativamente ao direito comunitário no conflito entre Varsóvia e Bruxelas que se prolonga há vários meses.

Três dos cinco juízes do Tribunal Constitucional consideraram partes do Tratado de Adesão como “inconstitucionais”.

Sobre o assunto, na sua página pessoal, o primeiro-ministro diz ainda que a adesão da Polónia à União Europeia é um dos “pontos mais fortes” da história do país e do bloco europeu nas últimas décadas.

Sobre a temática, o JN cita o secretário de Estado francês dos Assuntos Europeus, Clément Beaune, que considera esta decisão, algo “gravíssimo”. Beaune acrescentou que existe o risco “de facto” da saída da Polónia da União Europeia sublinhando que a decisão do Tribunal Constitucional polaco “é um ataque”.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.