Pela primeira vez, Portugal associa-se ao movimento global #GivingTuesday. Uma ação que pretende criar uma onda de generosidade contrastante com o consumismo que se observa na Black Friday e no Cyber Monday.

“Dar para Mudar”. É este o mote do #GivingTuesday onde “o objetivo é criar uma onda massiva de generosidade que dure para além do dia” e que atinja todas pessoas por todo o planeta. Em concreto, trata-se de um movimento que incentiva pessoas a doar e apoiar organizações sem fins lucrativos. Acontece esta terça-feira, dia 3 de dezembro, depois da Black Friday, onde os preços em lojas estão mais baixos, e o Cyber Monday, assinalado a 2 de dezembro, onde empresas de marketing influenciam as pessoas a fazerem compras online.

O #GivingTuesday nasceu em 2012 pela Fundação das Nações Unidas e pelo 92StreetY, e conta com o apoio do Leadership Support da Fundação Bill & Melinda Gates. Atualmente está presente em mais de 70 países incluindo EUA, Brasil, Espanha, Austrália, Rússia e Canadá. Em 2018, só nos Estados Unidos da América, foram doados mais de 400 milhões de dólares (362 milhões de euros).

Em Portugal, estão inscritas 158 instituições que poderão ser apoiadas por todos os que pretendam envolver-se nesta terça-feira solidária. No distrito do Porto, estão inscritos 12 projetos de 12 instituições, entre os quais, o projeto “Pata Vermelha” da associação Pata Vermelha, o “Abraçar Amigo” do GASPorto e “Palestras Entender Autismo” da associação Vencer Autismo.

Todas as informações de como participar podem ser consultadas no website português da #GivingTuesday. É nesta plataforma que indivíduos, organizações sociais, municípios, empresas, ensino, líderes locais e influencers poderão fazer os seus donativos e adquirir o devido material informativo para espalhar a palavra na comunidade.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.