Novo Futuro perde um deputado e PCP, PAN, CHEGA e Iniciativa Liberal contentam-se com a eleição de um deputado cada. Bloco mantém os dois lugares conquistados em 2017.

O resultado da coligação “Maia em Primeiro” para a Assembleia Municipal (39,17 %), permite-lhe voltar a eleger os 15 assentos parlamentares que conquistou em 2017, enquanto o Partido Socialista perdeu terreno (31,10 %) e elegeu apenas 12 deputados, menos um do que há quatro anos. E se o resultado vai em direções opostas, as duas candidaturas unem-se na perda de número de votos.

BodyConcept

Em 2017 as duas forças políticas conquistaram 48.379 votos e em 2021 ficaram-se pelos 43.000 votos. Esta queda poderá estar relacionada com o menor número de votantes. Houve menos 3.321 maiatos a votar para este órgão autárquico, apesar do número de inscritos nos cadernos eleitorais ter subido de 114.709 para 116.981. Outras das razões prende-se com a introdução de novos partidos (Chega e Iniciativa Liberal), que terão conquistado votos ao centro.

Contudo, com a conquista de novas Juntas de Freguesia, o PSD/CDS acaba por reforçar a sua representação parlamentar, devido à posição inerente dos Presidentes de Junta. Aos 22 parlamentares de 2017, os laranjas somam mais dois Presidentes de Junta, para totalizar 24 deputados, face a 19 deputados de toda a oposição junta.

Já o Bloco de Esquerda conseguiu ser novamente a terceira força política, conquistando 3567 votos (5,83%) e elegendo dois deputados. Já o Chega, a Iniciativa Liberal, PAN e PCP, conquistaram um deputado municipal cada um. A Iniciativa Liberal foi a última eleger com 2472 votos.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.