Notícias Maia

Resoluções de Ano Novo para toda a Família

©DR
Partilhas

As resoluções de ano novo são, na prática, uma mistura entre um objetivo e um sonho. A sua grande magia é dar um sentido de propósito à rotina diária. O propósito inclui a disciplina e a disciplina e organização, quando bem geridas, podem contribuir para a felicidade.

Atenção! As resoluções não são só para os jovens!

A verdade é que também os mais velhos podem beneficiar, e muito, deste exercício de reflexão e projeção!

Avaliar o estado atual da nossa vida e pensar nos desejos que gostaríamos de alcançar é universal e deve ser encorajado. Há estudos que comprovam o seu impacto positivo na saúde física e mental, dando especial atenção à forma como pode estimular o cérebro e atrasar processos demenciais.

Definir resoluções de ano novo com os seus Idosos permite-lhe partilhar experiências, abre as portas ao tempo em conjunto e faz com que se possam motivar mutuamente.

Deixamos-lhe 3 ideias de resoluções de ano novo que pode planear com o seu Idoso:

  1. Registar a História da Família. Faça uma cápsula do tempo da sua família: tome nota de relações e familiares distantes, receitas próprias, organize fotografias que possam estar dispersas, procure saber mais sobre o seu familiar mais velho e escreva as histórias que ele partilha consigo. Para além de ser uma ferramenta de convívio muito especial, este processo produz um presente maravilhoso para as gerações futuras.
  2. Fazer novos Amigos. A depressão e solidão na terceira idade são, por vezes, difíceis de prevenir, no entanto, é possível tomar medidas para as enfrentar. Sair de casa para falar com outras pessoas e criar laços de afeto é fundamental para uma vida mais saudável. Prestar atenção às pequenas conversas no café ou no supermercado, fazer parte de atividades de grupo e fazer voluntariado são formas reais de descobrir outros com características em comum e estabelecer relações duradouras.
  3. Ensinar/Aprender a utilizar dispositivos eletrónicos e redes sociais. A evolução da tecnologia trouxe-nos possibilidades infinitas de nos relacionarmos com o mundo e os outros. Apesar de todos os perigos inerentes, a Internet é uma ferramenta mágica de conexão, entretenimento e aprendizagem. Aquilo que para as gerações mais novas é praticamente natural, para os mais velhos pode parecer estranho, confuso e difícil. Agende aulas regulares com o seu familiar mais velho e ensine-o a trabalhar com este instrumento. Se também tem alguma dificuldade, recrute um familiar mais experiente e juntos, podem inteirar-se de tudo o que o mundo digital pode oferecer.

Se o seu tempo for reduzido e acreditar que não é capaz de cumprir estas promessas com o seu Idoso, contacte a Culsen® e apoie-se num cuidador profissional e dedicado, pronto a prestar toda a atenção ao seu familiar.

Neste novo ano seja, acima de tudo, um defensor da partilha! Cuide de si e dos outros e divirta-se!

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top