Partilhas

A equipa, que estará baseada no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, terá ensaiado a fotografia para denunciar falta de condições. A transportadora irlandesa, através do Twitter, divulgou um vídeo onde “expõe a falsa fotografia” que esta tripulação do Porto terá tirado em Málaga, para revelar que seria obrigada a dormir no chão.

No vídeo é possível ver a tripulação a deitar-se no chão, propositadamente, para tirar a fotografia.

Cozinca

Devido à passagem da Leslie, a 13 de outubro, vários voos foram desviados para Málaga e, como este era um feriado nacional espanhol, segundo a Ryanair, todos os hotéis estariam lotados.

“A tripulação passou um pequeno período de tempo na sala da tripulação antes de ser transferida para um Lounge VIP, e retornada ao Porto no dia seguinte (nenhum membro da tripulação operou voos) ”, referiu a companhia.
Na altura o sindicato denunciou que os “tripulantes ficaram sem acesso a comida e a dormir no chão”. A Ryanair afirmou tratar-se de uma “encenação”.

A tempestade tropical Leslie, obrigou ao desvio de quatro voos da Ryanair que tinham como destino o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia. A companhia low-cost acabou por desviar os aviões para Málaga, Espanha, onde os 24 tripulantes (8 pilotos e 16 Tripulantes de Cabine) ficaram alegadamente sem condições para descansar e sem acesso a alimentação.

O sindicato afirmou que “os 24 tripulantes ficaram desde a 1h30 até às 06h00 (hora local) sem acesso a comida, bebidas e até sem lugar para todos se poderem sentar”. Posteriormente, pelas 06h00, os trabalhadores foram encaminhados para o lounge do aeroporto continuando “sem acesso a comida e a bebidas”, complementa.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.