O Zoo da Maia tem dois novos inquilinos. São duas alpacas castanhos. Estes mamíferos sul-americanos parecidos com a lhama são as novas estrelas do parque zoológico e já podem ser visitados. Amanhã está previsto chegar mais uma, de cor cinzenta. 

O Zoo da Maia, situado no centro da cidade, tem mais duas atrações. Os nomes ainda não são conhecidos, mas as alpacas, nome pelo qual são comummente chamados, são da família dos camelídeos e parecem lhamas. As diferenças para estes, estão no tamanho (as alpacas são mais pequenas), e no pelo que é mais longo e macio. Este é aproveitado para fazer lã, principalmente no Peru, Chile e na Bolívia.

DS Crédito

Os novos inquilinos juntam-se assim aos mais de 500 animais presentes no parque.

Em média, por ano, o zoo recebe a visita de cerca de 100.000 pessoas. No entanto, 2018 deve ter sido “o melhor ano dos últimos cinco”, tendo registado cerca de 130.000 visitantes, 20% dos quais de outros países, maioritariamente de Espanha, Bélgica, Brasil e Alemanha.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.