A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde esteve no dia 9 de dezembro, na Maia para visitar o Centro de Controlo e Monitorização do Serviço Nacional de Saúde. A ação aconteceu no dia em que se assinala a luta contra a corrupção.

No dia 9 de dezembro assinala-se o dia da luta contra a corrupção. Jamila Madeira, Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, aproveitou este dia para visitar as instalações do Centro de Controlo e Monitorização do Serviço Nacional de Saúde (CCM do SNS), na Maia, com o objetivo de lembrar que o Governo, nas suas diferentes áreas, está comprometido com medidas preventivas e de combate à fraude e corrupção.

Segundo publicação partilhada nas redes sociais pela vereadora Emília Santos, “este Centro de Controlo e Monotorização confere, por mês, 200 milhões de euros de faturas, 14 milhões de embalagens de medicamentos e 5,4 milhões de exames de MCDT (meios complementares de diagnóstico e terapêutica)”.

Na visita, Jamila Madeira confirmou que o investimento no CCM do SNS é prioritário para o Ministério de Saúde, porque “rigor, transparências e monitorização permanentes são instrumentos essenciais no combate à fraude e à corrupção”. Note-se que o CCM do SNS passou, em julho de 2018, a estar sob dependência dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS)”. Também Henrique Martins, presidente da SPMS, esteve presente nesta visita.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.