Notícias Maia

Silva Peneda agraciado com Medalha de Ouro do Eixo Atlântico

Partilhas

O maiato Silva Peneda foi distinguido na última Assembleia Geral do Eixo Atlântico, que se realizou na Galiza.

O encontro centrou-se no reforço do interior, na crise demográfica e no plano de acção da Agenda Urbana. Isabel Pardo também recebeu a medalhas de ouro da instituição.

Paulo Ramalho, vereador da Câmara Municipal da Maia, em representação do município, referiu que “Silva Peneda prestou importantes contributos à Euro-região Galiza/Norte de Portugal, ao nosso País, e à construção do projecto europeu, especialmente em matérias como a coesão territorial e o estado social, daí que o reconhecimento seja devido e justo.”

Assembleia Geral aprovou um orçamento de 4,3 milhões de euros para o presente exercício

O Barco de Valdeorras, na Galiza, acolheu a XXVII Assembleia Geral do Eixo Atlântico que juntou presidentes e vereadores dos 34 municípios, galegos e portugueses que a incorporam.

A Assembleia Geral aprovou um orçamento de 4,3 milhões de euros para o presente exercício, iniciando assim “uma linha de trabalho centrada em torno da crise demográfica da população do interior da euro-região que afecta principalmente a Galiza, que com menos população tem menor representação em número de deputados e por isso um menor peso político nas decisões”, de acordo com um comunicado da associação.

O Eixo Atlântico está a compor uma estratégia com soluções que serão remetidas tanto aos governos da península, que possam ser executadas com fundos europeus no intervalo 2021-2027 e que inclua as infraestruturas essenciais para o eixo interior.

Foi igualmente aprovado o Plano de Acção da Agenda Urbana, trabalhado ao longo de um ano e que a partir deste momento os municípios fortalecerão segundo as necessidades e tipologias de cada um.

Por último, abordou-se a situação das infraestruturas e as expectativas tanto em Portugal, onde as sugestões do Eixo Atlântico já estão todas em marcha ou foram incluídas dentro do Plano Nacional de Investimentos, como em Espanha onde o Eixo Atlântico “está na expectativa dos resultados eleitorais embora o nível de diálogo com os partidos políticos maioritários permite ter a convicção de que as obras propostas se desenvolverão segundo o previsto”.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top