Na sua intervenção durante o Salão Imobiliário do Porto, que decorreu entre quinta-feira e domingo, Silva Tiago, presidente da Câmara Municipal, destacou o facto de na Maia o percurso estar a ser feito em sentido inverso ao dos concelhos com grande pressão imobiliária, como é o caso do Porto.

A Maia está a proceder à revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), possibilitando a introdução de um conjunto de medidas para a construção e promoção da habitação orientada para a classe média e para o arrendamento.

“Introduzimos uma alteração que permite a construção de frações com menos de 125 metros quadrados (m2)”, destacou Silva Tiago em declarações ao portal Idealista. Segundo o autarca, a procura atual cria a necessidade do aumento do número de espaços de coworking e co-living.

Esta medida combinada com outras, tal como a redução das taxas municipais, permite, na sua opinião, “impulsionar e criar uma nova dinâmica no concelho, visível nos 150 mil m2 de novos projetos para habitação e serviços” e dos “150 milhões de euros de investimento”.

De acordo com Silva Tiago, o facto de a autarquia não ter incentivado a construção de tipologias pequenas “foi um sucesso” que “permitiu a procura por parte das famílias e a duplicação da população, em 30 anos”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.