O presidente da Câmara Municipal da Maia assinou um artigo de opinião onde relembra que a linha do Metro que liga o S. João à Maia está “contemplada no decreto fundador da Metro do Porto” e que “já lá vão mais de 20 anos”.

António da Silva Tiago quer que a linha do Metro que vai ligar o Centro Hospitalar de São João à Maia vá para a frente. Num artigo de opinião, publicado no passado domingo no Jornal de Notícias, o presidente da Câmara Municipal da Maia lembrou que se trata de um plano contemplado “no decreto fundador da Metro do Porto” e “que previa a sua construção logo na segunda fase de expansão da rede”. A linha servirá as localidades de Pedrouços, Águas Santas, Milheirós e Gueifães.

Silva Tiago diz que a Maia já foi “demasiadas vezes, solidária e cooperante, viabilizando soluções metropolitanas” e que, agora, “é tempo de receber”. 

O autarca explica ainda que esta linha tem ainda prevista a continuação para Moreira, até próximo do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, o que “representará para largos milhares de pessoas uma melhoria concreta na sua qualidade de vida quotidiana, facilitando a mobilidade entre as suas residências e o Hospital de S. João, o Instituto Português de Oncologia, as seis faculdades e outras instituições ali existentes, pondo ao seu dispor um meio de transporte rápido, cómodo e ambientalmente mais sustentável”.

Confio nas instituições e nas pessoas que as governam e acredito que saberão honrar a palavra do Estado, enquanto pessoa coletiva de bem, que por decreto com força de Lei assumiu com a comunidade concelhia da Maia o compromisso de construir esta linha de metro, já lá vão mais de 20 anos”, concluiu o presidente do município.

Crime. Partem vidros de carros e fogem no centro da Cidade da Maia

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.