Notícias Maia

STCP e Metro do Porto baixam consumo de água para metade

Partilhas

Situação de seca que afeta em parte do território português, levam os dois maiores operadores de transporte público da Área Metropolitana do Porto a implementar “medidas radicais”, para reduzir consumo de água para metade, informaram em comunicado a STCP e a Metro do Porto.

Este “plano de contingência” aponta para uma poupança no consumo na ordem dos 50%, segundo Jorge Delgado, presidente do Concelho da Administração da STCP e da Metro, este plano de contingência, apresenta medidas de “exceção”, que têm como objetivo reduzir rapidamente os consumos de água, numa poupança na ordem dos 50%, durante “o tempo necessário até a situação normalizar”.

A STCP reduziu o número de lavagens da sua frota de autocarros, que, “passarão a ser lavados apenas três vezes por semana”. A lavagem dos 419 autocarros da STCP, é a atividade que representa a maior fatia no consumo de água na empresa.

A Metro do Porto, reduziu o “regime de operações de rega diárias para apenas uma modalidade de três regas por semana”. Metade da água utilizada pela Metro do Porto, segundo o comunicado, vem de captações próprias. A frota de 102 veículos da empresa, que atualmente realiza duas lavagens semanais, passará a uma lavagem semanal por veículo.

O Metro do Porto explica que também que está a realizar “um plano de sensibilização junto dos seus colaboradores, no sentido de contribuírem ativamente na poupança de água”.

As duas empresas implementaram uma campanha interna de sensibilização, apelando à poupança de água.

COMENTE

Publicidade

Newsletter

Top
Fórum da Maia - 30 de novembro - 21.30h

Salvador Martinha

Salvador Martinha vai finalmente apresentar o seu novo espetáculo de Stand-Up, Cabeça Ausente, no Fórum da Maia. Compre já o seu bilhete.
close-link