O pedido foi apresentado, esta segunda-feira, 10 de maio, junto do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa.

A TAP avançou com um pedido de insolvência da Groundforce, empresa de serviços de assistência aeroportuária onde detém uma participação de 49,9%. A informação foi avançada pela companhia aérea em comunicado enviado esta segunda-feira, 10 de maio, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Cozinca

“Na presente data, a TAP irá requerer junto dos Juízos de Comércio de Lisboa do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa a declaração de insolvência da sociedade SPdH – Serviços Portugueses de Handling, S.A., também conhecida pela sua marca comercial Groundforce Portugal (a “SPdH”)”, pode ler-se no comunicado.

Entretanto, em comunicado enviado à imprensa, a companhia aérea revela que este pedido já foi apresentado. O objetivo, refere a TAP, é “salvaguardar a viabilidade e a sustentabilidade” da Groundforce, “assegurando a sua atividade operacional nos aeroportos portugueses”.

No comunicado à CMVM, a TAP identifica-se como “credora” da SPdH, o que lhe confere “legitimidade” para avançar com o pedido de insolvência da empresa.

A TAP entende, assim, que o pedido de insolvência é a “solução que melhor protege a generalidade dos ‘stakeholders’ desta sociedade”. Caso o pedido seja aprovado, a companhia aérea espera que um de dois cenários possa avançar: um “plano de recuperação” para a Groundforce; ou, caso esse não seja viável, uma liquidação da empresa “realizada de forma ordenada”, que permita satisfazer os credores”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.