São já três as companhias aéreas que anunciaram redução ou supressão de voos para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro

Na sequência da atual situação de risco para a saúde pública, provocada pelo coronavírus, várias companhias áreas estão a reduzir o número de voos que operam.

Cozinca

A norte-americana United Airlines anunciou a redução da frequência de vários voos para cidades europeias, incluindo Porto e Lisboa, a partir de Newark e de Washington. No caso do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a redução afeta a rota diária Newark-Porto, que será mesmo cancelada entre 28 de março e 30 de abril.

No caso da brasileira Azul, esta vai reduzir a frequência de voos da sua rota Campinas-Porto, no âmbito de uma redução de toda a sua atividade internacional entre 20% e 30%.

A TAAG – Linha Aéreas de Angola SA suspendeu as operações no aeroporto a partir desta segunda-feira, dia 16, e adianta que os passageiros com bilhetes adquiridos de e para o Porto deverão contactar as lojas, o call-center ou agentes de viagens.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.